Opções de crédito educacional para sua universidade ou mestrado

Alguns estão na estação de volta à escola e outros que desejam ser. Se o dinheiro é o obstáculo para a carreira que deseja ou para ganhar o mestrado, possivelmente um empréstimo educacional pode ser uma opção para financiá-los.

Como eles funcionam?

Digamos que não existe um único tipo de crédito educacional, de fato, existem agências públicas que lhes dão, bancos, sofomes e podem variar tanto em termos de pagamento quanto de custo, mas, em termos gerais, há o que são: stria, chance de você Dê uma olhada em um empréstimo educacional.

Financiamento

Em geral, os créditos educacionais são financiados exclusivamente para estudos universitários ou de pós-graduação (embora existam alguns para bacharelado). Normalmente, o dinheiro que você empresta é pago diretamente à instituição educacional onde você decide estudar, conforme exigido pela mensalidade (semestral, anualmente, trimestral). Isso é importante porque você não pode pedir esse crédito para fazer outras coisas do que estudar.

  • Normalmente, você começa a pagar seis meses ou um ano depois de terminar seus estudos.
  • Eles cobram uma taxa de juros, que geralmente é menor do que outros tipos de créditos, como empréstimos pessoais, embora, como em tudo, é necessário comparar.
  • O aluno é o credenciado (que pediu o crédito), mas a maioria pede um endosso ou um devedor solitário (seu pai, mãe ou responsável, geralmente). Ambos têm que ter um bom histórico de crédito.
  • Como você é o credenciado, os pagamentos serão refletidos em seu histórico de crédito. Você deve pagar a tempo.
  • Muitos exigem uma média … mas a verdade é metade de um barco porque para alguns é 8 e para outros 7 mínimos.

E as opções concretas?

A FIDERH é o Fundo para o Desenvolvimento de Recursos Humanos e é um fundo fiduciário federal, para financiar estudos de pós-graduação de estudantes mexicanos (isto é, especialidade, mestrado e doutorado, desde que tenham passado mais de 9 meses). É administrado pelo Banco do México.

Quanto eles lhe dão? Se você vai estudar no México 150 mil pesos por ano e se o seu programa estiver no exterior 200 mil pesos por ano. O que muda é o termo máximo de financiamento ou tempo que os estudos podem pagar: 12 meses máximo para especialidade, 24 meses para mestrado e 36 meses para doutorado. Isso é relevante porque, como você paga a cada trimestre, semestre ou qualquer que seja o pagamento, se você é um fóssil, fica sem vinte e adeus.

Financiamento

→ Este financiamento tem três estágios:

  • Fase de estudo: quando os estudantes recebem trimestralmente, semestralmente ou anualmente o valor autorizado para o pagamento da taxa de matrícula, manutenção ou seguro médico.

Lá você tem que manter uma média mínima de 8 e enviar suas notas e / ou progresso acadêmico para a FIDERH trimestralmente. Enquanto você estuda, você não faz pagamentos de crédito, nem gera interesse.

  • Fase de graça: assim que termina o financiamento ou a fase de estudo, você obtém 12 meses de graça na qual você não efetua pagamentos. Este período é para você procurar o chamba.
  • Fase dos pagamentos: o financiamento é coberto em pesos mexicanos, em 40 pagamentos trimestrais (10 anos) e os juros já são gerados. A taxa de juros é de 0,75 do Custo médio percentual (CPP) publicado pelo Banco do México. Esta taxa em janeiro foi de 2,94% ao ano em julho de 2013. Algo como 2,2% ao ano. A verdade agora é baixa e é a mais acessível que há em créditos. Um esclarecimento importante é que não é uma taxa fixa, o CPP pode diminuir ou diminuir, então, o custo do seu crédito pode variar. Obviamente, se você tivesse um guardadito e veja que isso diminui a taxa, seria melhor pagar mais.

No Brasil também existem programas que beneficiam seus estudantes disponibilizando o financiamento em instituições de ensino superior públicas ou privadas e os mais comuns são o Sisu, Prouni e Fies. Por isso é importante conferir as novas regras Fies.

Comments are closed.